domingo, 19 de agosto de 2018

Timor-Leste perdeu um amigo e África e o mundo um grande líder -- Mari Alkatiri

PARTILHAR


Díli, 18 ago (Lusa) - Timor-Leste perdeu um amigo e África e o mundo um grande líder com a morte do ex-secretário-geral da ONU, cujo papel na resolução do problema de Timor-Leste foi "importantíssimo", disse hoje o ex-primeiro-ministro timorense Mari Alkatiri.

"Era um grande filho de África mas também um líder global. Como secretário-geral tornou-se um amigo de Timor-Leste e desempenhou uma função importantíssima nas negociações até ao referendo", disse Mari Alkatiri à Lusa em Díli.

"Fundamentalmente perdemos um grande amigo e um grande líder africano e global", sublinhou.

Alkatiri disse que apesar de estar fora do Governo defende que se honre Annan com uma presença de um representante de alto nível de Timor-Leste no seu funeral.

"Eu acho que deveríamos fazer isso. Falava ainda agora com companheiros aqui no sentido de se mostrar esse gesto com toda a sinceridade e honestidade, de solidariedade com a família", defendeu.

Recorde-se que coube a Kofi Annan, a honra de, a poucos minutos das 00:00 de 20 de maio de 2002, entregar formalmente Timor-Leste aos timorenses numa cerimónia que marcou a restauração da independência do país.

Annan tinha supervisionou a assinatura do histórico acordo de 05 de maio de 1999 - entre Portugal e a Indonésia - que permitiu o referendo em que os timorenses escolheram ser independentes.

O antigo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e prémio Nobel da Paz de 2001, Kofi Annan, morreu aos 80 anos, divulgou hoje a fundação do antigo diplomata.

"É com grande tristeza que a família Annan e a Fundação Kofi Annan anunciam que o ex-secretário-geral das Nações Unidas e vencedor do prémio Nobel da Paz morreu pacificamente no sábado, 18 de agosto, após uma curta doença", publicou a fundação do ex-diplomata ganês num comunicado, divulgado pela agência de notícias AFP.

Kofi Annan, que fez a sua carreira profissional nas Nações Unidas, cumpriu dois mandatos como secretário-geral da ONU, entre 01 de janeiro de 1997 e 31 de dezembro de 2006.

ASP // ZO
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: