sexta-feira, 24 de março de 2017

Lu-Olo venceu presidenciais "bem organizadas e pacíficas" em Timor-Leste -- UE

PARTILHAR
A missão de observação eleitoral (EOM) da União Europeia enviada a Timor-Leste reconheceu hoje, com base em resultados preliminares, a vitória de Francisco Guterres Lu-Olo nas presidenciais de segunda-feira, que classificou como "bem organizadas e pacíficas". 

"A 20 de março, o povo de Timor-Leste acorreu em elevado número para votar nas eleições presidenciais; a 22 de março, o secretariado técnico da administração eleitoral anunciou como vencedor o senhor Francisco Guterres Lu-Olo, com base nos resultados preliminares; os resultados definitivos serão divulgados a 02 de abril", indicou hoje a UE em comunicado.

A EOM, chefiada pela eurodeputada Izaskun Bilbao Barandica, concluiu hoje que "as eleições foram bem organizadas e pacíficas, elogiando as autoridades eleitorais por um processo bem gerido e inclusivo", numa nota preliminar citada no comunicado da UE.

No texto, o bloco europeu sublinha a sua "longa história de acompanhamento dos processos eleitorais em Timor-Leste", argumentando que a missão de observação eleitoral em curso "é a confirmação do empenho da UE no apoio à democracia, à paz e à estabilidade no país".

Indica ainda que os observadores vão igualmente acompanhar a campanha e a votação para as próximas eleições legislativas timorenses.

"Como parceira próxima e de longa data, a União Europeia espera manter uma cooperação frutuosa com o novo Presidente e continua empenhada no desenvolvimento democrático, económico e social do país", lê-se no documento.

Durante o ato eleitoral a UE teve 35 observadores destacados em 10 dos 13 municípios do país e continuará a acompanhar o processo até à proclamação do resultado final pelo Tribunal de Recurso.

Lusa, em SAPO TL
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: