domingo, 5 de agosto de 2018

Indonésia devolve à Malásia iate alegadamente comprado com fundos estatais

PARTILHAR

Jacarta, 05 ago (Lusa) - A Indonésia anunciou hoje que vai devolver às autoridades malaias um iate de luxo alegadamente comprado com fundos roubados de uma empresa estatal de investimento da Malásia.

O iate de 250 milhões de dólares (216 milhões de euros) já se encontra na ilha de Batam, perto de Singapura, disse hoje o vice-diretor de crimes económicos da polícia nacional da Indonésia, Daniel Silitonga.

"Vamos entregar o iate em breve", disse Silitonga.

As autoridades indonésias em colaboração com o FBI apreenderam em fevereiro o iate em Bali, mas tiveram de enfrentar um desafio enorme desafio legal, já que o barco estava registado numa empresa nas Ilhas Caimão.

De acordo com as autoridades norte-americanas, o luxuoso iate pertence a Low Taek Jho, amigo próximo do ex primeiro-ministro malaio, Najib Razak, de ser uma figura central em saques e lavagem de pelo menos 4,5 mil milhões de dólares (3,8 mil milhões de euros) de um fundo de investimento estatal.

Tanto as autoridades malaias como as internacionais querem interrogar Low Taek Jho sobre este escândalo, mas não se sabe do seu paradeiro.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos referiu que 4,5 mil milhões de dólares foram desviados do fundo 1MDB, dos quais cerca de mil milhões de dólares (858 milhões de euros) foram branqueados no país com a compra de imóveis, iates, joias e obras de arte, entre outros.

O fundo 1MDB foi criado em 2009 por Najib e presidido pelo próprio até 2016 e com o objetivo de atrair investimento estrangeiro e criar uma zona de negócios em Kuala Lumpur, mas acabou por acumular perdas de 42 mil milhões de ringit (cerca de 7,7 mil milhões de euros).

MIM // MIM
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: