sexta-feira, 14 de abril de 2017

Trump é o "presidente mais mal preparado psicologicamente" dos EUA, afirma Gareth Evans - vídeo

PARTILHAR

O antigo ministro australiano dos Negócios Estrangeiros, Gareth Evans, apelou à Austrália para se distanciar dos Estados Unidos e aproximar-se da China.

Gareth Evans, que foi ministro entre 1988 e 1996, defendeu que o país deve tornar-se mais independente e questionou se a aliança histórica da Austrália com os Estados Unidos continua a servir os interesses da nação face ao crescente poder da China e liderança imprevisível de Donald Trump.

Num discurso no National Press Club em Camberra, o antigo ministro foi mais longe nas críticas a Trump e afirmou que é o "presidente mais mal preparado psicologicamente" da história dos Estados Unidos.

Gareth Evans sublinhou, no entanto, que a Austrália não deve abandonar totalmente a aliança, mas considerou que o país não pode continuar a apoiar sem questionar tudo o que os Estados Unidos decidem, dando como exemplo o recente ataque norte-americano na Síria.

A relação entre os dois países aliados está no nível mais baixo em décadas. A Austrália ficou dececionada com a decisão de Donald Trump de retirar os Estados Unidos do Tratado Transpacífico de Comércio Livre.

As relações pioraram ainda mais com as críticas de Trump ao acordo de Barack Obama para acolher 1250 refugiados que a Austrália tem concentrados em centros em Naurau e a na ilha de Manus.

TSF (pt), com Lusa
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: