segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Portugueses nas ilhas indonésias Gili retirados para Bali e Lombok - Governo

PARTILHAR

Lisboa, 06 ago (Lusa) - Cerca de duas dezenas de cidadãos portugueses que se encontravam na Indonésia durante o sismo de domingo estão a ser retirados das ilhas Gili em embarcações do Governo indonésio, revela a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

A mesma fonte precisou que as "cerca de duas dezenas de cidadãos portugueses" estão "a caminho de Lombok e Bali".

"Chegados a Bali, os portugueses terão o apoio do encarregado da secção consular da Embaixada de Portugal em Jacarta", acrescentou o gabinete governamental.

Na região afetada pelo sismo de magnitude 7 na escala de Richter, "foram identificados pelos serviços consulares mais de duas dezenas de cidadãos nacionais, sendo que não houve registo de portugueses feridos".

Segundo o instituto norte-americano de geofísica (USGS), o sismo teve origem a 10 quilómetros de profundidade e a 2,4 quilómetros a leste de Loloan, uma localidade no norte da ilha, tendo feito pelo menos 98 mortos entre os habitantes.

Há uma semana, outro tremor de terra de magnitude 6,4 fez 17 mortos e mais de 350 feridos também em Lombok, ilha turística dominada pelo vulcão Rinjani e situada a leste de Bali, onde o sismo de domingo foi igualmente sentido.

A Indonésia está localizada no designado "anel de fogo do Pacífico", área de grande atividade sísmica, que regista anualmente cerca de 7.000 sismos, a maioria dos quais moderados.

JOP (ANC/PAL) // EL
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: