quinta-feira, 16 de março de 2017

CAMPANHA ELEITORAL QUASE A TERMINAR, CUMPRIR A LEI – INFORMAÇÕES ÚTEIS

PARTILHAR

AOS LEITORES E AMIGOS

Solicitamos a atenção dos leitores e amigos do Timor Agora, assim como os usuários de Timor Agora no Tweeter, Google + ou Facebook (página ou grupo) para o facto de não aceitarmos publicação de propaganda eleitoral a partir das 00.00 horas (em Timor-Leste) do próximo sábado – 18 de Março de 2017. Também a partir das 15.00 horas em Portugal continental de sexta-feira, 17 de Março de 2017 (00.00 horas em TL), cumpriremos o mesmo procedimento. Tal facto deve-se ao cumprimento do período legal para reflexão às eleições a realizar na segunda-feira, 20 de Março de 2017, que marca o final da campanha eleitoral timorense para as Presidenciais.

Todos as postagens que se considerem violadoras do disposto serão por nós excluídas das nossas páginas no Tweeter, Google + ou Facebook caso as detetemos. Os referidos espaços só serão preenchidos por notícias que não violem o disposto na lei eleitoral de Timor-Leste.

Pedimos a vossa compreensão e colaboração.

Feliz e excelente festa eleitoral para todos os eleitores e população timorense. (Redação TA)

INFORMAÇÕES ELEITORAIS ÚTEIS

Mais de 747 mil timorenses estão recenseados para votar nas eleições presidenciais e legislativas deste ano em Timor-Leste, segundo dados oficiais divulgados pelas autoridades eleitorais. Estão registados para votar 747.252 pessoas residentes em Timor-Leste, 853 residentes na Austrália e 479 residentes em Portugal, segundo informações fornecidas pelo Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE).

Os atos eleitorais deste ano serão os primeiros com votação de timorenses na diáspora, nomeadamente em Portugal e na Austrália, numa iniciativa que o Governo quer alargar no futuro.

Os dados oficiais, que foram apresentados ao Conselho de Ministros, detalham a divisão de eleitores por municípios, confirmando que o maior número de votantes está em Díli (156.934), seguindo-se Baucau (85.284) e Ermera (74.290).

O período da campanha para o voto presidencial decorre entre 03 e 17 de março, a votação a 20 de março e o escrutínio provisório dos resultados deverá estar concluído entre 23 e 25 de março. Haverá depois um período de apresentação de eventuais recursos contra o resultado nacional que será depois publicado no Jornal da República a 2 de abril.
Caso nenhum dos candidatos tenha mais de 50% dos votos haverá uma segunda volta, a 20 de abril, com a campanha a decorrer entre 3 e 17 de abril e o apuramento dos resultados a ser realizado entre 23 e 25 de abril.

O Tribunal de Recurso deverá publicar o acórdão com o resultado final do voto a 3 de maio permitindo a tomada de posse do novo chefe de Estado a 20 de maio, dia em que se comemorará o 15º aniversário da restauração da independência de Timor-Leste.

OS CANDIDATOS ELEITORAIS A PRESIDENTE DA RDTL

1 – António Maher Lopes

2 – Francisco Guterres Lú-Olo

3 – Amorim Vieira

4 – José António de Jesus das Neves

5 – José Luís Guterres

6 – Maria Ângela Freitas da Silva

7 – Luís Alves Tilman

8 – António da Conceição

PUBLICAÇÕES ÚTEIS




*Foto em site da STAE, manipulada por TA
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: