quinta-feira, 1 de junho de 2017

RAMOS HORTA EM GUIMARÃES | FALOU DA “CONSTRUÇÃO DA DEMOCRACIA EM TIMOR”

PARTILHAR
O Prémio Nobel da Paz de 1996 e antigo Presidente da República de Timor Leste esteve em Guimarães.

Ramos Horta proferiu no Arquivo Municipal Alfredo Pimenta uma conferência sobre "A construção de uma democracia". 

Na sua dissertação, sublinhou que o início do actual Estado de Timor Leste começou com a evangelização pelos missionários portugueses.

Mas até hoje, houve um percurso "tortuoso" que o povo timorense teve de trilhar até à independência. Resistiu, primeiro, à colonização portuguesa, depois, à invasão e ocupação indonésia, durante mais de duas décadas. A independência chegou em 2002, com uma factura pesada de 200 mil mortos. Ramos Horta considera que actualmente, em Timor Leste há sucesso em alguns aspectos da democracia construída no País.

E se a democracia é um sucesso, ainda há um longo caminho a percorrer, como reconheceu o diplomata.

Em Julho há eleições parlamentares em Timor Leste e Ramos Horta considera fundamental que os principais partidos assumam um «pacto de regime».

PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: