terça-feira, 5 de junho de 2018

Macau recebe conferência sobre o projeto chinês "Uma Faixa, Uma Rota"

PARTILHAR

Macau, China, 04 jun (Lusa) - O papel de Macau na construção do projeto "Uma Faixa, Uma Rota" é o foco da "Conferência Internacional da Faixa e Rota e o Desenvolvimento de Macau 2018", que se realiza esta quarta-feira e quinta-feira, no território.

A conferência vai centrar-se na "forma de desenvolver, dinamicamente, as vantagens e o papel de Macau, para participar e ajudar o País na construção da "Faixa e Rota", permitindo que o espírito da Rota da Seda tenha continuidade", divulgaram, em comunicado, os responsáveis do território.

Anunciada pelo Presidente chinês, Xi Jinping, a iniciativa "Faixa económica da rota da seda e a Rota da seda marítima do século XXI", mais conhecida como "Uma Faixa, Uma Rota", está avaliada em 900 mil milhões de dólares, e visa reativar as antigas vias comerciais entre a China e a Europa através da Ásia Central, África e Sudeste Asiático.

A conferência vai estar focada na forma como Macau pode ajudar na realização deste projeto chinês, em quatro pontos: A construção da Zona "Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau", o papel de Macau como centro mundial de turismo e lazer, a construção de uma plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa e a criação de uma base de intercâmbio e cooperação que promova a coexistência de diversas culturas em Macau.

Além de Guangdong, Hong Kong e Macau, a região da Grande Baía abrange nove localidades: Cantão, Shenzhen, Zhuhai, Foshan, Huizhou, Dongguan, Zhongshan, Jiangmen e Zhaoqing.

Esta região de nove cidades e duas regiões administrativas especiais conta com mais de 110 milhões de habitantes.

De acordo com os responsáveis da região, a conferência, coorganizada pelo Gabinete de Estudo das Políticas, Fundação Macau e Grand Thought Think Tank, vai contar com a presença, entre outros, do ex-ministro dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China Li Zhaoxing, do ex-ministro dos Negócios Estrangeiros da Austrália Bob Carr, do presidente da Associação das Nações Unidas da República Popular da China, Lu Shumin, e do diretor da Faculdade de Ciências Sociais na Universidade de Macau e presidente da Direção de Grand Thought Think Tank, Hao Yufan.

No ano passado, o Presidente chinês, Xi Jinping, participou, em Pequim, no Fórum para a Cooperação Internacional "Faixa e Rota".

MIM // VM
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: