quinta-feira, 19 de abril de 2018

Polícia indonésia detém suspeito relacionado com caso de álcool adulterado

PARTILHAR

Jacarta, 18 abr (Lusa) -- A polícia indonésia anunciou ter detido hoje Samsudin Simbolon, o alegado dirigente de um império de bebidas alcoólicas, após a morte este mês de dezenas de pessoas devido a álcool adulterado.

O porta-voz da polícia de Java Ocidental, Trunoyudo Wisnu Andiko, adiantou que Simbolon foi detido numa plantação de óleo de palma, na fronteira entre as províncias Sumatra do Sul e Jambi, e que será interrogado na quinta-feira.

Segundo a polícia, Simbolon produziu álcool ilegal no distrito de Cicalengka, em Java Ocidental, onde morreram pelo menos 45 pessoas desde o início de abril.

Cerca de 100 pessoas morreram este mês na Indonésia, nomeadamente em Java Ocidental e em Jacarta, por beberem álcool adulterado.

O mercado negro das bebidas alcoólicas tem prosperado entre a população mais pobre da Indonésia, o país muçulmano mais populoso do mundo e onde, apesar de não ser ilegal, o consumo de álcool é desencorajado pelas autoridades.

PAL (JSD) // FPA
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: