terça-feira, 24 de abril de 2018

PORTO x V. SETÚBAL | Uma goleada das antigas que já aponta ao título

PARTILHAR

Vitória por 5-1 sobre o Vitória de Setúbal coloca o FC Porto mais perto da conquista do campeonato. "Faltam três finais", como disse Brahimi após o apito final no Dragão.

O FC Porto estava obrigado a vencer esta segunda-feira o Vitória de Setúbal para recuperar o 1.º lugar da Liga. E foi exatamente isso que fez. Mas fê-lo de forma categórica. O resultado final foi de 5-1, depois de um início de jogo fortíssimo por parte dos dragões.

Um arranque demolidor e… característico

Foram 16 minutos de sonho para o FC Porto, que por seu lado tornaram o início de jogo do Vitória de Setúbal um autêntico pesadelo. No primeiro quarto de hora, o placard no Estádio do Dragão já apresentava uns pesados 3-0.

E os adversários já estavam avisados… É que os azuis e brancos são a equipa que mais golos marca nos primeiros 15 minutos de jogo. O FC Porto conta com 13 golos apontados no primeiro quarto de hora nos jogos do campeonato. Além disto, esta foi a segunda vez na Liga que a formação orientada por Conceição marcou 4(!) golos numa 1.ª parte de um jogo – fez o mesmo em Paços de Ferreira.

Feitas as contas, enquanto Casillas ainda não tinha parado qualquer remate do V. Setúbal aos 20 minutos, o FC Porto já levava sete remates, cinco deles enquadrados com as redes de Cristiano.

Marega regressou “no aço”

O maliano voltou no Clássico com o Benfica, descansou na meia-final da Taça em Alvalade e esta segunda-feira foi novamente opção frente ao V. Setúbal. E regressou em bem. O atacante que já leva 21 golos na Liga esta temporada foi preponderante na partida ao apontar um tento e assistir para outro.

Com Aboubakar ausente, Marega está a afirmar-se como o homem golo do FC Porto esta temporada. No final da partida, se ainda restavam dúvidas sobre a condição do maliano para os três jogos que restam aos dragões no campeonato, Sérgio Conceição acabou por desfazê-las afirmando que o avançado “está no aço”.

O caminho que falta para o título

Com a vitória sobre o V. Setúbal, faltam as ditas “três finais” que Brahimi referenciou no final da partida. O FC Porto está a três jogos de distância de um título que já escapa há quatro anos.

Na próxima jornada, a equipa da cidade Invicta desloca-se aos Barreiros para defrontar o Marítimo, na 33.ª jornada recebe em casa o Feirense, que está na luta pela manutenção, e no derradeiro jogo deste campeonato enfrenta o Vitória de Guimarães na cidade Berço.

Ruben Valente | Notícias ao Minuto
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: