terça-feira, 2 de abril de 2019

Polícia timorense dispersa manifestantes com gás lacrimogéneo à frente do parlamento

PARTILHAR

Díli, 02 abr (Lusa) -- Pelo menos três pessoas ficaram feridas hoje quando efetivos da polícia timorense usaram gás lacrimogéneo para dispersar um grupo de manifestantes que se concentrou à frente do Parlamento Nacional timorense, disse à Lusa fonte policial.

"Há pelo menos três feridos, incluindo uma mulher", adiantou a mesma fonte.

A manifestação não tinha sido autorizada e no local concentraram-se estudantes e vendedores ambulantes, acrescentou.

Os manifestantes concentram-se em frente ao parlamento ao final da manhã, tendo distribuindo cartazes contra o capitalismo na cidade de Díli.

Segundo testemunhas no local, na base do protesto estão decisões do Município de Díli relativamente à presença de vendedores ambulantes na zona da Universidade Nacional Timor Lorosa'e (UNTL) e do Arquivo e Museu da Resistência Timorense.

A zona do parlamento foi nos últimos meses palco de alguns protestos organizados pelo Movimento Universitário de Timor-Leste (MULT) nos quais se contestava a compra de carros novos para os deputados.

Num desses protestos, em novembro do ano passado, mais de 20 pessoas foram detidas.

ASP // JMC | Foto em Facebook
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: